Saudade não mata, mas quase…